Frases polêmicas de Jânio Quadros

  • “Bebo-o porque é líquido, se fosse sólido comê-lo-ia”
Nota-se o uso da mesóclise, recurso da língua portuguesa pouco usado no Brasil
  • “Desinfeto porque nádegas indevidas se sentaram nela.”
Eleito prefeito de São Paulo (1985), sobre a cadeira na qual o outro canditado, Fernando Henrique Cardoso, se sentara na véspera das eleições.
  • “Mentira! O som não se propaga no vácuo!”
Num debate à presidencia, Jânio estava passando um sermão a um presidenciável quando ele interrompeu: “Pode falar, suas palavras entram por um ouvido e saem pelo outro!”
  • “Intimidade gera aborrecimentos ou filhos. Como não quero aborrecimentos com a senhora, e muito menos filhos, trate-me por Senhor.”
Quando interpelado por uma jornalista a respeito de sua opinião sobre os homossexuais e foi chamado de “você”.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s